Pesquisar neste blogue

quarta-feira, 1 de outubro de 2014

Cédulas emitidas em Rio Maior



Atualmente atravessamos uma grave crise económica em Portugal que tem sido comparada à crise do pós 25 de Abril de 1974.
Mas há um outro período, entre 1910 e 1926, em que a crise foi gravíssima, ao ponto das câmaras municipais terem de emitir papel-moeda, cédulas.
Cédula é a designação para o dinheiro de pequeno valor em papel, chamando-se Nota ao dinheiro em papel emitido pelo Banco de Portugal.
Como a cédula se deteriora com grande rapidez, só é usada quando por qualquer razão não se consegue dispor de metal (moeda). Isto foi o que aconteceu com a Implantação da República, em 5 de Outubro de 1910, que provocou a fuga de grandes quantidades de dinheiro e metais preciosos por parte de famílias exiladas. A situação piorou com o surgimento da I Grande Guerra Mundial, de 1914 a 1918. Durante este período houve uma grande inflação que provocou a valorização do dinheiro em metal, levando a que a moeda desaparecesse de circulação por as pessoas a guardarem. Esta situação levou mesmo ao surgimento do Estado Novo com a revolução de 28 de Maio de 1926.

Sem comentários:

Enviar um comentário