Pesquisar neste blogue

sábado, 13 de março de 2010

Gruta em Nossa Senhora da Luz II

Esta gruta em Nossa Senhora da Luz também é conhecida como Gruta dos Vales.


A gruta situada no lugar de Nossa Senhora da Luz junto à estrada que liga Rio Maior a Caldas da Rainha localiza-se na vertente Este da Serra dos Candeeiros. Encontra-se abandonada sem qualquer tipo de protecção contra possível vandalismo.
A gruta é a prova que Rio Maior é habitada desde longa data pois aqui foram encontrados vários vestígios da época do Paleolítico Inferior e Superior e enterramentos desde o Paleolítico Superior até ao Calcolitico (estes enterramentos tornam esta gruta também conhecida como gruta sepulcral).

Houveram explorações ente 1935 e 1936 à gruta e posteriores campanhas até 1942. Todo o abundante espólio encontrado está depositado em Lisboa no Museu Nacional de Arqueologia.
Do vasto conjunto de artefactos encontrados, constam utensílios da indústria lítica como machados e escopros, utensílios de pedra polida como trapézios e lamelas e utensílios de pedra lascada como pontas de setas, furadores e punhais. Dos utensílios feitos com ossos foram encontrados furadores, pontas e diversos objectos de adorno. Foram também encontrados objectos conectados ao universo mágico-simbólico, como cilindros de calcário, um machado votivo e dois vasos de calcário. A cerâmica não podia faltar e foram encontrados diversos fragmentos como conjuntos decorados do Neolítico até fragmentos balizados da idade do Bronze.

A gruta rasgada em calcário do Jurássico médio merece ser protegida e preservada, pois no seu interior para além de todo o espólio que de lá foi retirado encontram-se formações rochosas muito bonitas.






A gruta está inventariada na base de dados do IGESPAR com CNS10174 e no Plano Director Municipal de Rio Maior, PDM nº73).

Para informações sobre a Gruta de Nossa Senhora da Luz I, consulte:

5 comentários:

  1. Onde fica em concreto esta gruta? Qual o caminho para lá chegar?

    ResponderEliminar
  2. Esta gruta fica no lugar de Nossa Senhora da Luz.
    Quem circula na estrada que liga Rio Maior a Caldas da Rainha no sentido desta última, vira-se à direita logo após a Capela da Senhora da Luz.
    Virando no primeiro caminho de terra que se encontra à esquerda, a gruta fica a cerca de 50 metros.
    Como esta gruta se encontra sem qualquer protecção na sua entrada, quem aí se desloca deve de respeitar o lugar fazendo tudo para não danificar as formações calcárias no seu interior.
    Não esquecer que cada uma das formações que aí se encontra demorou muitos anos para se formar e que não têm qualquer valor (nem valor monetário nem estético) quando fora da gruta.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ontem fui la e nao consegui dar com essa gruta , pode me especificar melhor qual a estrada de terra de que fala? como chegar mesmo la?

      Eliminar
  3. Tentei ir hoje a esta gruta, mas não consegui encontrá-la. Falaram-me duma outra perto, numa propriedade privada, e esse pude visitá-la. Parece que a entrada da gruta da Senhora da Luz se encontra actualmente obstruida.
    Luíza Frazão

    ResponderEliminar
  4. Bom dia.
    Hoje passei pela gruta e esta continua acessível, mas está muito tapada com silvas.

    ResponderEliminar