Pesquisar neste blogue

sexta-feira, 27 de julho de 2018

Arrouquelas com letreiro estilo Hollywood

Arrouquelas já tem uma placa ao estilo de Hollywood. 

Na elevação que fica virada para Arrifana foi aí colocada por jovens coordenados pela Associação H2O as diversas letras que compõem a palavra ARROUQUELAS.
Estas letras têm cerca de 3 metros (as letras que formam a palavra HOLLYWOOD nos USA têm 14 metros) e são como um sinal de boas vindas a quem vier a Arrouquelas, principalmente durante este fim-de-semana em que se realiza a Festa em Honra da Nossa Senhora da Encarnação. 
Pode saber mais sobre a festa na página da ARCA (Associação Recreativa e Cultural de Arouquelas): 
Imagem retirada da página de Alexandre Jacinto

A ideia de colocar neste espaço as letras nasceu a 17 de Julho de 2017 com uma publicação do Movimento Arrouquelas Sim encabeçado por Alexandre Jacinto. Foi algo que surgiu quase que como uma brincadeira mas que o Alexandre Jacinto abraçou, não deixou morrer e impulsionou.
A imagem (fotomontagem) que deu origem ao que ontem foi feito é a seguinte:

quinta-feira, 26 de julho de 2018

Poço do Povo em Teira


Em Teira existe o Poço do Povo.

 
O Poço encontra-se com a estrutura de tijolo em boas condições, mas o espaço envolvente está pouco cuidado. 
Este poço agora tem pouca utilidade, mas em tempos era essencial para os habitantes. 

É difícil encontrar o poço, mas para quem está a descer pela Rua do Lugar da Serra , encontra uma lage de pedra para passar a ribeira. O Poço do Povo encontra-se aí perto, nas coordenadas 39,3921, -8,9281.


segunda-feira, 23 de julho de 2018

Mural da Fonte da Breja em Arrouquelas

Este mural encontra-se junto à Fonte da Breja em Arrouquelas. 

Nele sente-se o hino à multiculturalidade e bem estar entre povos numa altura em que as fronteiras se voltaram a fechar um pouco por todo o Mundo. 
Estes painéis têm sido promovidos pela Associação de Jovens de Arrouquelas, H2O. 
De lembrar que até Agosto deste ano Arrouquelas é a casa de 180 jovens de todo o Mundo.








Para saber sobre a H2O pode consultar a sua página em: 
https://www.facebook.com/search/top/?q=h2o%20-%20associa%C3%A7%C3%A3o%20de%20jovens%20de%20arrouquelas 

Para saber mais sobre a Fonte da Breja: 
http://rio-maior-cidadania.blogspot.com/2015/08/fonte-da-breja-em-arrouquelas.html 
e 
http://rio-maior-cidadania.blogspot.com/2010/02/fontes-de-arrouquelas.html

quinta-feira, 5 de julho de 2018

Ponte em Teira

Em Teira existe uma ponte que une a Rua do Lugar da Serra e a Travessa do Lugar da Serra, mesmo em frente da fonte.



Mas o que é que esta ponte tem de importante? 
Passa por cima de um ribeiro que vai ser a Ribeira de São Gregório que passa pelo centro da Cidade de Rio Maior. 
Mas isto não é o que distingue esta ponte. Para o descobrir temos de ir espreitar por baixo. Aí vemos um arco em pedra estilo romano ainda bem conservado a suportar metade do tabuleiro da ponte.


O que acontece é que a ponte era muito estreita e por isso decidiram construir uma ponte de cimento armado por cima desta alargando-a. A antiga ponte está lá, mas completamente tapada.

 

quarta-feira, 4 de julho de 2018

Exibição Internacional de 1876 nos EUA



O Congresso dos Estados Unidos aprovou a 3 de Março de 1871 que a celebração do centenário da promulgação da Declaração da Independência dever-se-ia realizar na Cidade de Filadélfia com uma exibição internacional de artes, industria, agricultura e produtos mineiros.
Foram convidados cerca de 50 países e entre eles encontrava-se Portugal.
A exibição ocupou cerca de 19,62 hectares.


Todos os produtos em exibição estão descritos no Catálogo Oficial.
De Portugal foram 1905 diferentes produtos sendo que 87 foram da região de Santarém.
De Rio Maior foram os vinhos: 
               1299 - Ramos, António Pedro de Carvalho – Vinho Branco 
               1300 – Rosa, José Maria – Vinho Branco 
               1357 – Campos, Francisco Ferreira - Vinho Tinto
Daqui se nota a importância da vinicultura na região de Rio Maior durante o século XIX.


A Declaração da Independência dos EUA foi redigida e assinada a 04 de Julho de 1776. Neste documento, as treze colônias localizadas na América do Norte, declaram a independência da Grã-Bretanha. Esta declaração ocorreu na cidade da Filadélfia.

segunda-feira, 18 de junho de 2018

Bolinho de Sal

O Bolinho de Sal é já uma referência na doçaria da região. 


Doce mas salgado, esta é uma receita conventual tendo como base o doce de ovos com amêndoa e feijão. O recheio doce ao ser degustado em conjunto com a massa ligeiramente salgada resulta num bom conjunto de sabores que entusiasma as papilas gostativas. 
O seu formato tem a forma das pirâmides de sal das Salinas de Rio Maior.


Este doce foi criada em 2009 e o segredo está na massa. 
A massa do Bolinho de Sal é moldada à mão e depois de recheada vai ao forno por cerca de 20min. 
Os principais ingredientes são: 
   Recheio: Gema de ovos; Açucar; Feijao Manteiga; Amêndoa 
   Massa: Manteiga; Farinha; Flor de Sal;  ... 


Experimente e prove este doce pois de certo vai gostar. 
O Bolinho e Sal é produzido por Chocolate Flor de Sal.

Pode saber mais sobre as Salinas de Rio Maior em: 
http://rio-maior-cidadania.blogspot.com/2010/06/salinas-de-rio-maior.html 
Pode ver um video sobre a fabricação dos bolinhos em: 
https://www.youtube.com/watch?v=d27fYKttVIc
 

sábado, 16 de junho de 2018

O Lugar das Artes de Firmino Rodrigues

Em São João da Ribeira existe a galeria O Lugar das Artes.

Esta Galeria/Atelier de Firmino Rodrigues está de portas abertas para o receber e para além de poder apreciar a pintura e escultura que se encontra exposta pode usufruir de um excelente espaço em que a arte está sempre presente e em relação com outros objectos do quotidiano. Se a porta estiver encostada toque à campainha que Firmino Rodrigues tem todo o prazer em o receber.








Para além da galeria (uma antiga adega) em que as obras do artista se encontram expostas existe o espaço de criação artística, o pátio e a casa. Em todas as áreas as obras encontram-se dispostas de forma coerente e harmoniosa com os objectos do dia-a-dia. A casa apesar de se apresentar pronta a usar de facto é uma extensão da galeria.
Deve-se prestar atenção aos detalhes pois a arte está neste espaço sempre omnipresente.









 








Firmino Rodrigues nasceu a 1 de Agosto de 1956 em Caldas da Rainha e divide actualmente o seu tempo entre São João da Ribeira e Santarém.
É um autodidacta que desde que começou por brincadeira a pintar uns quadros, se apaixonou pela arte e nunca mais parou. Pintar passou a ser quase uma obsessão pois ama cada nova ideia que lhe surja, cada nova tela e cada entrada no atelier para se dedicar a uma nova criação.

Firmino Rodrigues consegue transmitir às suas obras o amor que lhes dedica e nota-se nos seus quadros uma procura do desconhecido e uma certa imprevisibilidade no ato da criação.
Claro que o artista gosta que as suas obras sejam apreciadas, mas basta-lhe o amor que dedica a cada quadro.
E esta galeria, O Lugar das Artes, foi um espaço que o artista adquiriu e o remodelou com amor de modo a poder expor a sua paixão.




Agora tem mais um motivo para visitar O Lugar das Artes, pois foi hoje inaugurada uma exposição na qual as obras de Firmino Rodrigues se misturam com algumas esculturas de Ricardo Tomás.
A exposição que vai estar presente até ao dia 22 de Junho funciona muito bem e nota-se a cumplicidade artística dos dois amigos. Para além de estarem expostas obras de excelente qualidade, pode visitar um espaço criado para o visitante se sentir como em casa. 


Firmino Rodrigues pode ser contactado por E-mail: firminogomesrodrigues@gmail.com ou Website: www.facebook.com/OLugarDasArtes 
Ricardo Tomás reside em Asseiceira, onde tem o Atelier ARTE (Atelier Ricardo Tomás Escultura). Pode ser consultado por E-mail: ricardo.tomas@sapo.pt ou Website: https://www.facebook.com/RicardoTomasEscultor