Pesquisar neste blogue

domingo, 11 de abril de 2010

Marco Geodésico na Serra de Candeeiros

O Marco na Serra de Candeeiros encontra-se a
N 39°26’10’’ W 08°54’06’’ Altura 487m.
O marco geodésico da Serra de Candeeiros pertence a uma rede nacional de pontos cujas coordenadas são conhecidas e a partir deles permitem fazer levantamentos topográficos. A triangulação geodésica consiste numa rede de triângulos cujos vértices são os marcos e a partir dos quais se pode determinar com precisão as coordenadas de outros pontos formando ‘triângulos’ em que um dos vértices é o ponto que se pretende saber a coordenada e os outros dois vértices são dois pontos em que as coordenadas já são conhecidas.


Em Portugal a rede geodésica é constituída por 8.000 marcos e o seu centro geodésico está situado na Serra da Melriça em Vila do Rei (Aqui se pode encontrar o Marco Geodésico padrão construído em 1802).
Os marcos geodésicos são sempre colocados em locais elevados e isolados de modo a terem linha de visão com outros vértices e dividem-se em 3 ordens de grandeza:
1ª ordem Pirâmide quandrangular distanciando entre 30 a 60km
2ª ordem Cilindro mais cone com listas distanciando entre 20 a 30km
3ª ordem Cilindro mais cone pequeno com listas distanciando entre 5 a 10km.


A história da cartografia moderna em Portugal iniciou-se no século XVIII, quando D. Maria I encarregou a Academia Real da Marinha de iniciar os trabalhos de triangulação do território.
Mais recentemente, no início da década de 60 foi introduzido o sistema MED (Medição Electrónica de Distâncias).
Desde então tem-se recorrido aos satélites, começando com os Echo I e II, passando a partir de 1965 ao uso dos satélites Geos A e B e mais tarde com o sistema Transit. Desde a década de 90 que o sistema de navegação GPS (Global Positioning System) se tem imposto como o principal sistema de posicionamento, estando no entanto para breve a entrada em funcionamento do sistema de satélites europeu, Galileu.

1 comentário: