Pesquisar neste blogue

sábado, 19 de setembro de 2015

Monumento Vivo em S. J. da Ribeira


Em Rio Maior também temos monumentos vivos como este imponente exemplar de pinheiro-manso (Pinus pinea L.), que se encontra em São João da Ribeira.

Apesar do pinheiro centenário que possui um perímetro na base de aproximadamente 3,30 metros ainda não ter sido classificado como Árvore de Interesse Público - Monumento vivo, pelo Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (www.icnf.pt/portal/florestas/aip/mon-viv) tem tudo para o ser.
Este exemplar está num terreno particular situado na Rua dos Combatentes - Casais de Cabeça Gorda, Freguesia de São João da Ribeira, Concelho de Rio Maior e debaixo da sua copa já existiu uma eira à qual a árvore oferecia sombra e abrigo para as muitas desfolhadas e namoriscos que aí aconteceram.

Mas o pinheiro esteve para ser abatido na década de 50 do século passado, quando no projecto de electrificação da freguesia (a inauguração da chegada da electricidade a São João da Ribeira foi a 15 de Agosto de 1958) estava contemplado um poste de suporte da linha eléctrica no preciso lugar em que se encontra o pinheiro. Só devido à coragem e determinação do seu proprietário, Manuel Bibiu (que já faleceu), que se opôs ao projecto e numa altura em que se vivia em ditadura conseguiu que a árvore fosse poupada.

Estas árvores centenárias devem de ser cuidadas e preservadas, pois para além do ser vivo que são e da beleza que oferecem, são testemunhas da passagem de várias gerações com histórias que não podem ser apagadas.

A história deste pinheiro está descrita na página do Movimento Cívico Ar Puro, em:
http://movimentoarpuro.blogspot.pt/2015/03/pinheiro-manso-centenario-em-ribeira-de.html?spref=fb

Sem comentários:

Enviar um comentário