Pesquisar neste blogue

terça-feira, 29 de setembro de 2015

Monumento aos Combatentes em Rio Maior


No passado Domingo, 27 de Setembro de 2015, comemorou-se o 91º aniversário do Núcleo de Rio Maior da Liga dos Combatentes e após a inauguração da nova sede, foi também inaugurado o muito aguardado monumento aos combatentes riomaiorenses.

Quase tudo o que há a dizer sobre este monumento está descrito na placa metálica que lá se encontra e onde se pode ler:
“Este monumento pretende-se simples como simples são os Homens que honraram e lutaram pela Pátria. Esta peça escultórica evoca sentimentos fortes e recordações daqueles que combateram na Primeira Grande Guerra e Ultramar.
Traduz-se em três elementos, sendo que o primeiro representa um sentimento de perda, um vazio que vai ser preenchido pelo elemento posterior que simboliza as lembranças, a saudade e o amor à Pátria. Ambos os elementos têm uma espessura de treze centímetros, número que simboliza os treze anos da Guerra Colonial.
O cubo caído desta peça, pretende representar todos aqueles que pela Pátria deram o seu bem mais valioso, a própria vida. A face polida que suporta o brasão da liga dos combatentes pretende representar a suavização que esta entidade proporciona a todos aqueles que ainda atualmente sofrem com as consequências da guerra. A vida emergente no espaço resultante da queda deste cubo pretende representar o renascer de uma sociedade, proporcionado por todos aqueles que por ela se sacrificaram.
Autor a título pró bono
Paulo Evaristo dos Santos”
Um pouco mais a baixo, pode-se ler:
“Inaugurado em 27/9/2015 por:
Liga dos Combatentes, sendo seu presidente Exmo. Sr General Joaquim Chito Rodrigues
Junta de Freguesia de Rio Maior, sendo seu presidente Eng. Luís Filipe Santana Dias

Monumento construído e oferecido pela junta de Freguesia de Rio Maior à Liga dos Combatentes – Núcleo de Rio Maior”

Na inauguração, discursou o Presidente da Junta de Freguesia de Rio Maior (que ofereceu a obra), o projetista riomaiorense do monumento (que o concebeu a título gratuito) e ainda o Presidente do Núcleo da Liga dos Combatentes de Rio Maior, José Carlos Abadesso Santos, o vogal da direção da Liga Central dos Combatentes, José Eduardo Varandas, a Presidente da Câmara Municipal de Rio Maior, Isaura Morais, e o pároco de Rio Maior, Rev. Padre Diogo (que abençoou o monumento).
Com esta escultura, o espaço verde mais nobre da cidade, o Jardim Municipal 25 de Abril, fica ainda mais enobrecido.

2 comentários:

  1. Exmo.Sr.

    Várias vezes temos descansado no Jardim de Rio Maior. Mas só no passado Domingo dia 13 de setembro fotografei entre outras a estátua maior.
    Não sabia qual o significado, porém actualmente, com facilidade encontramos resposta e ficamos "mais ricos..."
    Encontrei-a no seu blog, e gostei.
    Eu tenho um blog coisa simples que "alimento" desde 2008.
    As fotografias que faço, vou colocando, e esta não será excepção.

    Como gosto de dizer o que a obra encerra, roubei ao seu blog o texto relativo à mesma, e pretendo juntá-lo também. E naturalmente de onde veio; com o nome do blog e o seu nome.

    Antes porém agradeço que me diga se autoriza ou não a colagem das suas palavras.
    Entretanto aceite os meus cumprimentos.
    Dília Maria

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado pela sua mensagem.
      Eu criei o blog 'Cidadania RM' para democratizar a informação existente sobre Rio Maior e a tornar acessivel a todos.
      Claro que pode usar todo o material que aqui se encontra.

      Cumps, Américo.

      Eliminar