Pesquisar neste blogue

sábado, 22 de fevereiro de 2014

Central hidroeléctrica em Rio Maior




Nos últimos meses, o rio Maior corre em direção ao Tejo com um elevado caudal de água. Ao ver todo este caudal de água lembro que na zona de Rio Maior já existiram muitos moinhos de farinha que utilizavam a força do rio para fazer girar as suas mós, mas também, uma central hidroeléctrica.

Rio Maior já teve uma central hidroeléctrica, inaugurada às 20:00 do dia 30 de Setembro de 1928. Foi ela a responsável pela chegada da electricidade a Rio Maior e entre 1926 e 1928 gastaram-se 391.096$90 (cerca de dois mil euros) para concretizar este velho sonho riomaiorense. A central foi abandonada devido à diminuição do caudal do rio Maior, mas as instalações ainda lá se encontram e deveriam de ser preservadas devido à sua relevância histórica.


O edifício está sem telhado e parte do seu espólio foi vendido como sucata na década de 1980.
No entanto, algum equipamento, como o que fazia mover a comporta, ainda aí está rodeado de silvas. O sistema de transmissão da força motriz também se encontra em bom estado de conservação.





De notar no espaço envolvente é a represa com a sua lindíssima queda de água, a ponte de 4 arcos em pedra e o intricado sistema de canais.


Sendo este espaço de propriedade da Câmara Municipal de Rio Maior, seria de todo louvável aproveitá-lo para voltar a reconciliar o rio com a população. Daria um excelente espaço de lazer.
No mínimo o espaço deveria de ser limpo.

De seguida, fica uma imagem da Central enquanto ainda funcionava.
 

Pode saber mais sobre esta zona em:

Ver video da MaiorTV em: 

Sem comentários:

Enviar um comentário