Pesquisar neste blogue

terça-feira, 15 de março de 2011

H2O - Associação de Jovens de Arrouquelas

H2O – Associação de Jovens de Arrouquelas.

 Tive um encontro com Alexandre Jacinto, o presidente da Associação, com o objectivo de divulgar a “H2O” neste blog.
O resultado desta ‘entrevista’ ultrapassa em muito a história da “H2O” e mostra como com iniciativa, uma pequena Associação, numa pequena terra pode ser reconhecida e ouvida não só no Concelho, mas no Mundo. Vendo o plano de actividades para os próximos 5 meses, verifica-se que a “H2O” vai realizar projectos em 6 países diferentes (Macedónia, República Checa, Albânia, Sérvia, Bulgária e Letónia).
O texto que de seguida vou reproduzir, resultou do encontro já referido com o Alexandre Jacinto e, mais do que um resumo histórico, é uma lição para que os jovens se mantenham activos, pois com bom trabalho, boas iniciativas e perseverança, não existem limites.

Tudo começou com a pergunta ‘Como surgiu o nome “H2O” para a associação?’
Citando Alexandre Jacinto:
Com o nascimento da associação, sentimos a necessidade de arranjar um nome que nos diferenciasse e “H2O” que sendo um nome original, significa origem, e naquela altura estava directamente relacionado com as nossas actividades, muito direccionadas para o meio ambiente e descidas de rios em canoas.

Em 1996 um grupo de 13 jovens Arrouquelenses mergulhava num enorme desafio, quer pela organização quer pela realização da actividade propriamente dita.
A aventura era descer o Rio Tejo da fronteira até Santarém. Foram cerca de 10 dias de aventura e convivência que fortaleceu o espírito de equipa e os laços de amizades, o que levaria à formação da associação. Em 7 de Fevereiro de 1997 era publicado oficialmente em Diário da República a criação da “H2O” – Associação de Jovens de Arrouquelas, com os seguintes objectivos:
- Promover e desenvolver actividades sociais, educativas, culturais e desportivas, com o objectivo de ocupar o tempo livre dos jovens;
- Desenvolver projectos e actividades de interesse local, em estreita colaboração com o poder local, associações ou outras pessoas;
- Defender o meio ambiente e lutar pela preservação da natureza, com especial incidência sobre a preservação da água;
- Defender e valorizar o património da Freguesia.

De início, a “H2O” estaria muito direccionada para a comunidade de Arrouquelas, mas desde cedo a nossa associação atravessou os limites da freguesia, do concelho, depois do distrito, do País e da Europa. Como tal, acolhemos sempre quem se pretenda envolver neste trabalho honroso que é pertencer a uma associação. Nomeadamente, desde que iniciámos as nossas actividades num plano internacional, tentámos sempre envolver outras organizações do nosso concelho e da nossa região, dinamizando diversas parcerias.
Inicialmente a vontade foi enorme, com grande motivação, o que levou a “H2O” a crescer e a tornar-se numa das organizações mais reconhecidas do Distrito de Santarém, com referência em vários jornais locais. Um dia o Sr. Eugénio Ferreira Vivo, que gostava de ver nos jornais as referências positivas da sua terra, pela dinâmica demonstrada pelos seus jovens, fez-nos um desafio: cedeu-nos um curral de cabras que não usava para que nós nos pudessemos reunir e guardar as nossas coisas.
Assim em 1999 pusemos mãos à obra, restaurando esse curral de cabras. Com a ajuda de muitas pessoas, entidades e muito esforço dos dirigentes e sócios da associação, em 2003 inaugurámos a nossa sede com a presença do secretário de Estado do Ambiente, José Eduardo Martins. Seria a primeira vez que tão alto cargo do governo visitava a freguesia de Arrouquelas. Na nossa sede, que é pequena, conseguimos meter lá dentro as nossas grandes ambições, tornando a associação mais forte e empenhada nos seus projectos e actividades que pautaram pelo desafio e exigência. A sede está cedida à “H2O” através de um contrato de comodato mantido mesmo após o falecimento do Ti Eugénio (como lhe chamávamos) pelos seus herdeiros. Nós agradecemos a confiança depositada. Este gesto estará sempre associado à história da associação.
Ao longo dos anos as actividades foram crescendo, tocando várias áreas de acção, sempre viradas para as questões ambientais e culturais, com uma metodologia assente na educação não formal. Ao longo dos anos o envolvimento dos mais jovens foi uma constante, tendo a “H2O” por várias vezes assumido a ocupação das crianças no período escolar, intervindo tanto fora da escola como dentro da própria escola de Arrouquelas, pois acreditamos que faz todo o sentido e é aí que o movimento associativo deve estar e ser promovido.

Não haverá dúvidas de que o que ficou na memória em questão de actividades foram as descidas de todos os rios nacionais e a participação na épica prova de canoagem em Espanha, “Descida do Sella”, onde se reuniram mais de 2.000 canoistas de todo o mundo e onde a H2O com os seus 30 participantes constituiu uma das maiores representações do evento.
Também ficou na memória a grande prova de carrinhos de rolamentos que fizemos e que trouxe à nossa terra a rádio Nacional Antena 3, que transmitiu em directo debaixo de uma oliveira um programa de 2 horas.
Outras actividades importantes foram a participação das nossas crianças no Natal do Hospital da Marinha com uma peça de teatro, peça essa que seria representada para toda a população acompanhada por um espectáculo de luz e som na rua. Ou a realização pela “H2O” do maior presépio do distrito, com 4 metros de altura e 12 de comprimento.
É também em grande parte da responsabilidade da “H2O” o início da reforma do património mais valoroso de Arrouquelas, a nossa Igreja Matriz. Primeiro tentámos arranjar a parte envolvente da Igreja, passando depois à remoção de equipamentos existentes em redor da mesma, uma situação que não seria consensual na nossa comunidade, mas que veio a confirmar-se correcta e necessária, pelo que a nossa igreja é hoje uma das mais bonitas do concelho de Rio Maior. A “H2O”, que desde sempre contribuiu para a valorização deste património, continua a fazê-lo responsabilizando-se pela iluminação da igreja em períodos festivos.
E ao longo de 14 anos de actividades, pouca coisa ficou por realizar. Dinamizámos a vivência associativa, e nas reuniões e representações em que participámos, a opinião da “H2O” e a sua experiência no movimento associativo são respeitadas.
A “H2O” é a única associação do Distrito de Santarém com dois projectos alvo do Alto Patrocínio do Presidente da República, um alto galardão de reconhecimento das nossas actividades, conseguidos em 2000 e 2001. Em 2008, pelo Sr. Primeiro Ministro José Sócrates e pelo Presidente da Comissão Europeia, Durão Barroso, recebemos um Alto Patrocínio para um projecto de intercâmbio.
Lembro-me agora de que o primeiro vidrão existente nas freguesias do concelho de Rio Maior nasceu em Arrouquelas, pela mão da “H2O”.
Em 2005 demos um grande passo em frente, iniciámos a nossa participação em projectos internacionais, como organização de envio e organização acolhedora. A partir daqui iniciámos um novo caminho virado para a Europa e para parcerias internacionais. Podemos dizer que até hoje a “H2O” já esteve em praticamente todos os países europeus, proporcionando experiências únicas aos seus jovens. Estas actividades levaram-nos a ter relacionamentos com inúmeros parceiros um pouco por toda a Europa. Seria também um projecto Europeu que levaria o Secretário do Desporto e Juventude a visitar Arrouquelas por ocasião de um intercâmbio internacional.
É em 2007 que organizámos talvez o projecto mais ambicioso e grandioso da “H2O”, o ‘European Citizenship by the Sea we Learn’, um projecto de intercâmbio internacional, envolvendo 70 jovens de 10 países a bordo do Navio Creoula. Um projecto que exigiu um grande trabalho de equipa de toda a direcção da H2O, tendo no entanto sido recompensada, pois foi considerado um dos melhores 5 intercâmbios de 2006/2007 em toda a Europa, levando representantes da H2O a Bruxelas para a cerimónia de entrega de prémios.
Como foi dito tentámos sempre levar as nossas actividades fora dos limites da nossa freguesia, pelo que a “H2O” é talvez a única associação da região que mantém uma regularidade na dinamização de actividades na sede do concelho, nomeadamente nas escolas. Em 2008, nas comemorações do nosso aniversário organizámos um concerto de beneficência em prol dos utilizadores do centro de ensino especial “ O Ninho” com a famosa Banda da Armada.

Actualmente a “H2O” é muito solicitada pelos parceiros internacionais pelo que fazemos desta relação uma das nossas actividades predominantes, sem esquecer no entanto os OTL´s, férias em movimento, dinamização cultural e formação. Acima de tudo queremos ser um espaço para a irreverência e criatividade. Apesar das dificuldades que existem, mas que nós vemos como desafios, nunca baixámos os braços. Sabemos que os níveis de motivação nem sempre são os mesmos e é aqui que sentimos mais dificuldades, pois a “H2O” cresceu, apetrechando-se de tudo o que faz falta para fazer um bom trabalho associativo, desde materiais, financiamentos, imagem, espaços, etc.., mas, continuamos a combater alguma desmotivação das gerações mais novas para esta causa que é o movimento associativo. No entanto mantemo-nos com força e confiantes de que estamos a fazer um trabalho digno e importante, que valoriza a nossa comunidade e nós próprios, pelas inúmeras experiências positivas que nos proporcionou, e que temos a certeza que doutra forma mais individualista seriam impossíveis de concretizar. O que nos fortalece é saber que várias das tarefas em que estamos envolvidos são difíceis, perto do impossível, mas que as conseguimos concretizar, tendo a perfeita noção da importância do nosso trabalho.
Todos os projectos e actividades são pensados essencialmente para atenuar e resolver necessidades visíveis dos nossos jovens, em particular, mas de toda a população em geral. Quando os objectivos são conseguidos, nós, os organizadores, temos uma grande recompensa, pois apesar de o trabalho na organização das mesmas poder ter durado dias, semanas, ou mesmo meses, o que fica é o sentimento de dever cumprido e o enriquecimento pessoal dos envolvidos.

O plano para o futuro é manter o nosso empenho e chegar cada vez mais longe, continuando com os nossos projectos, objectivos e metodologias, pois temos vindo a atingir grandes metas deste modo.

Resta deixar os contactos da H2O:
Site    http://www.h2o.pt/
Email  h2o@h2o.org.pt

Nota: Este artigo foi realizado tendo por base a experiência de Alexandre Jacinto e ambos estamos de acordo que seria enriquecedor se outros dirigentes, colaboradores ou pessoas que se relacionam com a H2O deixassem aqui o seu comentário sobre a sua visão da associação, acontecimentos marcantes ou simplesmente opiniões. Este artigo fica mais completo com o partilhar de experiências.

Sem comentários:

Enviar um comentário