Pesquisar neste blogue

segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

Moca de Rio Maior

Moca é um cacete com uma maça na extremidade que serve de arma.
A conhecida Moca de Rio Maior é uma moca de madeira torneada com taxas cravadas.

A Moca de Rio Maior ficou conhecida por ter sido usada nas lutas políticas e bloqueios de estrada que ocorreram nesta região por alturas do «Verão quente» de 1975 (no pós 25 de Abril de 1974).
Em 1975 num período de agravamento das tensões entre as diversas facções políticas, Rio Maior tornou-se na fronteira simbólica de um Portugal dividido em dois, o do Sul (da revolução) e o do Norte (da reacção).
Rio Maior era atravessado pela Estrada Nacional nº1 que era a principal via rodoviária entre Lisboa e Porto. Rio Maior embora tendo um tecido agrícola heterogéneo, situava-se na fronteira entre o Sul latifundiário e o Norte minifundiário. Em termos políticos mais uma vez Rio Maior estava na fronteira entre o Norte em que o PCP não tinha grande expressão e o Sul começando logo pelo Cartaxo ou Azambuja em que o PCP tinha um claro protagonismo público.
É nesta situação explosiva que surge a moca de Rio Maior, quando em 13 de Julho de 1975 após uma tentativa de ocupação do antigo Grémio da Lavoura de Rio Maior por uma facção simpatizante do PCP os militantes locais e conectados com o PPD mobilizam os agricultores e expulsam os ocupantes do grémio e depois dirigem-se para a sede do PCP local e atacam à paulada (ou à mocada) os militantes comunistas saqueando a sua sede.
Os jornais de Lisboa e conectados com o PCP tratam a acção popular como manobra reaccionária. Indignados com este tratamento, no dia seguinte os agricultores formam piquetes nas estradas e queimam todos os jornais vindos de Lisboa.
Devido a não haver acções de repressão por parte das forças policiais, levou a que este tipo de acções se alastrasse a outros municípios quase todos na metade Norte de Portugal.
Felizmente agora temos um país que se quer pacífico e tolerante onde todas as forças políticas coabitem em democracia e em respeito por todas as ideologias.

2 comentários:

  1. Bom dia, onde posso adquirir uma moca de rio maior?

    ResponderEliminar
  2. Boa noite, eu quero 500 mocas de Rio Maior. Onde posso arranjá-las?

    ResponderEliminar